10 de abr de 2013

As melhores opções de Dublin...


 ... por uma amante incondicional da cidade.

Quando a Beth me convidou para falar sobre a Irlanda no blog, fiquei muito feliz e pensei em milhares de locais para falar. Tenho uma paixão imensa por este país que, além de pubs e cervejas, tem belíssimos parques, castelos e uma grama com florzinhas brancas que só lá existe. A grama mais linda que eu já vi em toda a minha vida (se você for para lá na primavera, verá com certeza um chão branquinho, ao invés de verde).

Meu nome é Nahara Eckhard, sou estudante de Jornalismo, e morei um ano em Dublin, na Irlanda, de 2010 para 2011. Vou me restringir apenas à cidade que morei, pois, apesar de ter outros lugares lindos para se conhecer na Irlanda, torna a viagem um pouco mais cara. Os cliffs são clássicos e estão localizados na praia de Galway, e todo o caminho até lá é lindo, com o GalwayBay e os diversos castelos antigos que são maravilhosos. Mas vamos conhecer um pouco de Dublin:

Dicas básicas:
Começando, já digo que com transporte é o que você menos vai gastar. O país é pequeno, então as cidades são pequenas. Para se locomover dentro delas, é super fácil fazer as coisas a pé. Para lugares um pouco mais longe, o LUAS é ótimo e custa e não é caro. Ele é um mini metrô que anda em linha reta e leva as pessoas para bairros mais distantes de Dublin. Indo às praias, pode-se usar o trem DART, que, quando eu morei lá, não passava de 4 euros (ida e volta). A comida é cara para quem vai a passeio. Para quem mora lá não, pois o salário mínimo é 7,65 euros por hora (na minha época era 8,65). Quem quer gastar pouco pode comprar lanches e sanduíches prontos no supermercado TESCO (tem um em cada esquina de Dublin). A Irlanda não tem um prato típico de verdade, infelizmente. A cultura irlandesa ainda é muito inglesa, no meu ponto de vista. Então o fishand chipsainda é a melhor pedida. Batata frita com peixe frito. E para quem quer saborear o verdadeiro prato, precisa colocar vinagre (é ruim, eca). Os restaurantes típicos são os pubs mesmo, e você vai gastar cerca de 12 a 20 euros em um prato (que mata mesmo a fome). Hospedagemhttp://www.hostelworld.com/

Stephen’ Green
Começo pelo meu lugar preferido. É um parque eternamente colorido e com uma beleza naturalmente agradável. É legal levar uma toalha e fazer um piquenique por lá, andar de bicicleta (que podem ser alugadas na rua, existem muitas “estações” de bikes pela cidade, não é difícil de achar) e caminhar. O incrível é que o parque é bonito e bem cuidado em qualquer estação do ano.




Phoenix Park
Este parque é um pouco mais afastado do centro e pode-se ir de LUAS ou bus. Eu fui a pé mesmo, levei cerca de 50min (a partir do centro da cidade) para chegar. O parque é o maior da Europa e dificílimo de conhecer todo. É muito bonito, tem “bambis” soltos pelo parque (em uma parte dele) e também tem o ZOO de Dublin. Eu não cheguei a ir no zoológico, pois era uns 15 euros. Mas todos os meus amigos que foram, acharam muito bonito.





Grafton Street
É onde tudo acontece. Esta rua é bem comprida e acessível apenas para pedestres. Carros, somente de polícia e transportadoras. Ao final dela tem o Stephen’ Green e o Stephen’s Green Shopping, que é lindo por fora e por dentro (vale a pena conhecer, tem um relógio gigante). Nesta rua você vai encontrar muitas lojas chiques de Dublin, pubs, cafés legais, Mc Donalds, Burguer King. Mas o mais legal não são estas lojas, e sim o que acontece por fora delas. Muitas pessoas usam esta ruazinha para tocar violão, flauta, produzir teatrinhos com fantoches, bolhas de sabão gigantes, entre outras coisas. Sabe fazer algo diferente? Vá para a Grafton St. e deixe um chapéu para que as pessoas coloquem moedas para você (dá certo, meu colega de apartamento fez isso e ganhou uns trocados legais só enchendo balões para as crianças). Vale lembrar que as ruas paralelas do lado esquerdo, em direção ao shopping, são todas muito bonitinhas. Ruas estreitas, com pubs legais e com o preço da cerveja mais em conta que no Temple Bar.



Temple Bar e cia
A noite (a manhã e a tarde) acontecem em Dublin 2, no Temple Bar. Era lá que eu trabalhava. Os bares mais antigos da cidade, com as mais diferentes cervejas, estão lá. O bar chamado Temple Bar é o clássico, mas não o mais bonito. O pub que eu trabalhava era o Farringtons, um local bem legal para beber uma clássica Guinness. Lá você pode pedir pratos tradicionais também e, no segundo andar, tem o restaurante onde o silêncio é um pouco maior que a bagunça do pub, para quem deseja comer com mais tranquilidade. Normalmente os pubs possuem um mini hotel no último andar, para as pessoas dormirem após a bebedeira, que sempre é grande entre os irlandeses. É clássico eles te pagarem bebidas, isto é tradicionalmente correto. Durante o dia, vale a pena conhecer o IrishFilmInstitute (www.ifi.ie), que é um Instituto de Filmes. Lá você vai encontrar filmes originais para vender, um café bem bonito, e um cinema, é claro. Neste cinema são passados filmes antigos ou que estão concorrendo a algum tipo de prêmio. A estrutura é magnífica!
Os sebos estão todos concentrados no Temple Bar. Nas ruas de ligação à Temple Bar Street, existem muitos muitos sebos lindos com vinis que você nunca encontraria em outro lugar, livros legais, tudo por um preço incrivelmente bom. DICA: Nos pubs, sempre haverá a agenda cultural de Dublin para aquele mês, com shows, teatros e eventos culturais, muitos gratuitos. Peça ao barmen, mas não espere simpatia, pois alguns irlandeses quando não estão bêbados, podem não ser muito simpáticos com desconhecidos. Conheça também a Penny Bridge, que atravessa o rio Liffey, e te leva de Dublin 1, para Dublin 2.
A rua The George St., e paralelas, também possui vários pubs e sebos legais (tem até sebo de vídeo-game!!). Nesta rua é onde estão concentradas as baladas gay, também.



Meu pub preferido: The Garage Bar (https://www.facebook.com/pages/The-Garage-Bar/118748061477826). Fica em Dublin 2, no Temple Bar, seguindo Temple Bar Street. O pub, como o nome já diz, é numa garagem. Bem simples, mas super legal e as cervejas tem um preço bom. Você pode comprar uma jarra, que vale mais a pena e pode dividir. Outro pub muito legal é o Porter House, que possui três andares e a banda que toca, fica localizada ao meio do primeiro andar o pub. Todos os outros andares tem um buraco no meio, sendo assim, qualquer andar pode ver o show.  Eles possuem cervejas próprias que são muito boas. A decoração é maravilhosa e as pessoas que vão lá são super animadas e simpáticas. Não se pode deixar de ir.

Guinness Storehouse
É muito parecido com a fábrica da Heineken. Não fui nela, quando fui à Holanda, mas pelo que me falam, é bem parecida. São vários andares contando a história da Guinness, como ela é feita, e tudo o mais. Ao final, no último andar, você se deparará com um pub de vidro, com a vista em 360 graus de Dublin. E ganha uma Guinness de graça. A Guinness Storehouse é mais afastada do centro, e o único meio de transporte, para quem não gosta de caminhar, é o bus (eu também fui a pé, 40min do centro).




Henry Street e O’connell Street
Para quem gosta de fazer compras: Henry Street. Tem lojas como Zara, River Island, Pennys (muito barata), PullandBear, etc, com preços muito acessíveis. Ao final desta rua, tem o The Church Bar, um pub dentro de uma igreja (sim, acredite se quiser). O local é lindo, conheça: www.thechurch.ie.
A O’connell Street é uma das principais ruas de Dublin, localizada no coração da cidade. Nela existe o Spire, que é um monumento alto, que tem forma de agulha e possui 120 metros. Também é localizada nesta rua, o correio, que é lindo de viver.
  
TrinittyCollege
Universidade de Dublin. É antiga e bem grande. Dentro dela você vai encontrar a maior biblioteca da Irlanda, com mais de 4,5 milhões de volumes de livros. A biblioteca possui a harpa mais antiga da Irlanda e o livro de Kells, considerado um dos mais antigos. É legal ver os jovens esportistas jogarem Rugby, o esporte mais conhecido na Irlanda, no campo da universidade.

Howth
É a praia mais bonita, pertinho de Dublin. É lá que estão os melhores fishand chips. O porto é muito bonito e lá você pode ver as focas bonitinhas que sempre ficam esperando alguém para dar peixe à elas. Também tem paisagens muito bonitas, e existe uma trilha super legal pra se fazer por lá.



Bray
Outra praia que vale a pena conhecer. É mais simples que Howth, mas é diferente. A praia é de pedrinhas, não de areia. E super interior de Dublin, com casinhas bonitinhas. Lá é legal de sentar, e tomar um chocolate quente olhando para o mar. Para quem quer ver os castelos da Irlanda, sem sair de Dublin, pode ir a Malahide, outra praia, onde está o MalahideCastle.



Para comprar lembrancinhas aos amigos, não se esqueça de passar na Carroll’sIrishGift, que é muito fofinha e puramente irlandesa: http://www.carrollsirishgifts.com.


Beth: Espero que tenham gostado do post de hoje. Eu não poderia chamar pessoa melhor para escrever sobre Dublin :) Obrigada, Nah, adorei!


Até mais.

8 comentários:

  1. Obrigada Nahara por dividir conosco coisas que vivenciou e experienciou em Dublin. Adorei as fotos!

    ResponderExcluir
  2. Nossa, muito informativo! Amei as dicas!
    Já favoritei aqui pra reler quando planejar uma viagem pra Dublin :)

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. aproveite! haha
      eu não conheci dublin =(
      beijos.

      Excluir
  3. Amei as dicas, Dublin parece linda, infelizmente ainda não tive a oportunidade de conhecer, espero que aconteça em breve!!!

    beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. eu também não conheci. espero conhecer um dia. hehe

      beijooos.

      Excluir
  4. Lindas fotos, lugar maravilhoso. Uma cidade sem dúvida que precisa ser visitada. Gostei das dicas detalhadas, até PUb vc colocou, que aliás paerce ser um dos cartões de Dublin, pq todo mundo que vai aí, precisa ir numa PUB.

    Amei conhecer seu blog.

    ResponderExcluir
  5. AI como eu amei seu blog, adoooooro posts de viajens, eu queria muito poder fazer isso também, mas ainda não tive uma boa oportunidade haha
    Mas cara, Dublin é lindo demais, ameeeei o post ficou bem explicadinho e com fotos lindas!
    :*

    To seguindo o blog!

    ResponderExcluir
  6. Que post lindo. Que saudade que me deu da Irlanda. "uma grama com florzinhas brancas que só lá existe. A grama mais linda que eu já vi em toda a minha vida". Super verdade.

    ResponderExcluir